Setor de Ciências Sociais Aplicadas

História

 

O inicio histórico do Setor de Ciências Sociais Aplicadas é datado em 22 de setembro de 1945, dia exato da instalação da ainda Faculdade de Administração e Finanças do Paraná. Localizada no prédio histórico da UFPR, na Praça Santos Andrade, a faculdade contava com o Curso de Administração e Finanças, sendo que posteriormente foi acrescentado o Curso de Ciências Econômicas.

Foto predio histórico PB

Prédio Histórico da UFPR

Em 1950, com a federalização da instituição, a faculdade passa a ser oferecedora de ensino público e altera seu nome para Faculdade de Ciências Econômicas. Pouco após, em 1956, ela se muda para o recém-inaugurado complexo de Edifícios da Reitoria. A inauguração contou com a presença do então presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira.

Nas décadas de 60 e 70 o Brasil passa por uma série de reformas no ensino. A UFPR reorganiza seu modelo administrativo que passava a organizar os cursos em setores. Assim, em 1973, era criado o Setor de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do Paraná contando com os cursos de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas e Direito.

Nos anos seguintes à sua criação, o SCSA buscou o aperfeiçoamento de suas atividades. Na década de 80 o curso de Direito desvincula-se do SCSA que passa a ter vários de seus docentes requisitados para assessorar instituições públicas e privadas. Também é no fim dessa década que é criado o primeiro curso de pós graduação strictu sensu do setor,  o Mestrado em Desenvolvimento Econômico .

A chegada do novo milênio apresentou ao setor um novo parceiro, em 2001, o departamento de Ciência e Gestão da Informação passava a integrar o SCSA trazendo consigo a graduação na área. Com o novo curso, as novas pós-graduações, o aumento de demanda obriga o setor buscar um espaço mais amplo para suas atividades. Assim, desde 2002, o SCSA está localizado Campus IV Jardim Botânico da UFPR que comporta mais de três mil alunos. Atualmente, o Setor desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em quatro áreas: Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas e Ciência e Gestão da Informação.